Blog

QUEDA DE CABELO É MAIOR NO OUTONO

Queda de Cabelos

Acordar e ver vários fios no travesseiro, perceber a enorme quantidade de cabelo que cai durante o banho ou simplesmente constatar os fios que caíram após pentear o cabelo são situações que assustam e tiram o sono de qualquer um. A queda do cabelo se dá por motivos como estresse, insônia, má alimentação, problemas de saúde, faltas de vitaminas e, também, por causas genéticas, hormonais e medicamentosas.

Assim como as árvores perdem mais suas folhas com a chegada do outono, nós perdemos mais nossos cabelos. É normal perdermos até 100 fios durante um dia, porém em épocas do ano como o outono, essa queda pode se acentuar e chegar até cerca de 300 fios por dia.

Mulheres com cabelos longos percebem com mais frequência esse fenômeno, mas os homens também sofrem com a perda dos fios. Muitas mulheres, inclusive, ficam com receio de lavar o cabelo com a mesma frequência com medo de aumentar a queda dos fios. Porém, vale lembrar que não lavar os cabelos por um período mais longo aumenta a oleosidade e pode causar doenças, como a dermatite seborreica, que aumenta ainda mais a queda. Os fios se acumulam e vão se soltar na próxima lavagem, deixando a pessoa ainda mais preocupada com a quantidade perdida.

Relação queda x clima

Com a chegada do outono, os dias ficam mais curtos, diminuindo a incidência de luminosidade com raios UV, e as temperaturas ficam cada vez mais baixas. Esse conjunto faz com que os folículos capilares fiquem mais contraídos, dificultando o crescimento do fio. Com menos horas de sol também fazem com que as células produtoras de melanina produzam menos deste pigmento fazendo com que a cor e o brilho dos cabelos se tornem menos acentuados.

Para piorar, o aumento da temperatura da água do chuveiro se eleva e isso promove alterações tanto na estrutura dos fios de cabelos, como no couro cabeludo. Os cabelos se tornam mais frágeis e quebradiços e o couro cabeludo fica mais oleoso, intensificando a caspa, nome popular da dermatite seborreica.

Junto com estes fatos, ocorre um abuso no uso de secadores de cabelos, cremes e leave-in que podem provocar irritações no couro cabeludo. E, ainda ao nos protegemos do frio lá fora com tocas e gorros, o couro cabeludo fica abafado durante grande parte do dia, provocando também um aumento de oleosidade e trazendo fungos e bactérias, além da tão temida queda dos cabelos.

Nessa época, nossa alimentação fica mais ricas em gorduras e calorias, fazendo com que frutas, verduras e legumes percam espaço na mesa. Isso acaba diminuindo as fontes de vitaminas e sais minerais que compõem a cadeia de queratina, a proteína que forma as fibras dos cabelos.

Mas calma, vamos entender o que podemos fazer.

Primeiro é entender que esse é um fato normal e que essa queda excessiva, também chamada de eflúvio telógeno ou queda sazonal é reversível. O problema é que pode demorar de 4 a 6 meses para que isso ocorra.

Algumas atitudes podem ser tomadas para minimizar esta queda de cabelos:

1) TEMPERATURA DA ÁGUA

A água quente é um dos principais inimigos do cabelo no inverno. Evite ao máximo, utilize sempre água morna.

2) SECADOR

Use o secador de forma correta. Deixe a distância de seu braço entre o secador e seus cabelos e sempre no morno ou frio. Movimente o aparelho em círculos para que o ar quente não se concentre em uma região. Uma boa dica antes de secar o cabelo, é aplicar um protetor térmico ou reparador de pontas para proteger os fios.

3) OLEOSIDADE

Como é natural os cabelos ficarem mais oleosos no inverno, opte por condicionadores e cremes mais leves e para desembaraçar os fios. Use produtos sem enxágue.

4) SHAMPOO

Opte por shampoos que contenham ácido salicílico e deixá-los agir no couro cabeludo por cinco minutos. Os shampoos com essências mentoladas costumam ajudar na redução da coceira no couro cabeludo.

5) CONDICIONADOR

Ao utilizar condicionador ou leave-in, aplicá-los apenas do meio às pontas dos fios. Não aplicar na raiz.

6) ENXAGUE

Enxaguar bem o cabelo para retirar todos os resíduos do couro cabeludo, pois o acúmulo, especialmente do condicionador, auxilia na descamação.

7) HIDRATAÇÃO

Fazer hidratação é a uma ótima opção para manter os fios saudáveis no inverno. Primeiramente é preciso fazer uma limpeza profunda dos fios e retirar todas as impurezas. Em seguida, faça uma hidratação com um creme específico para o seu tipo de cabelo. A hidratação deve ser repetida semanalmente.

8) MASSAGEM

Ao lavar os cabelos, massageie o couro cabeludo. Assim, a circulação e oxigenação estarão ativas acelerando o crescimento dos fios.

9) TRATAMENTOS QUÍMICOS

Evite as tinturas, escovas, alisamentos nessa época do ano e se fizer abuse da hidratação depois.

10) ALIMENTAÇÃO

Melhore a qualidade dos nutrientes que você ingere. Se não houver possibilidade de manter uma dieta rica e balanceada, tome suplementos ricos em silício orgânico, vitaminas do complexo B e sais minerais.

Cuide bem dos seus cabelos.

Hábitos e atitudes simples podem reduzir a queda de cabelos e deixá-los sedosos e cheios de brilho. Lembre-se que as receitas caseiras com fama de “milagrosas” não funcionam. Fique sempre em contato com sua dermatologista para que ela lhe auxilie no tratamento da queda de cabelo. Muitas vezes a queda pode mascarar algum problema de saúde que uma dermatologista atenta pode detectar na consulta ou com exames de sangue.

Share:

Rua Mariante, 180 - Sala 304

Bairro Moinhos de Vento - Porto Alegre/RS

Convênios e Particular

Atendimento de Segunda à Sábado

Marque sua consulta:

(51) 3414.2770 - 3307.2770 - 98692.6697