Especialidade | Dermatologista | Hiperidrose Porto Alegre
Barra Up
TRATAMENTOS PARA
SUOR EXCESSIVO
ATENDIMENTO POR
CONVÊNIOS E PARTICULAR
MARQUE SUA CONSULTA
(51) 3414.2770
RUA MARIANTE, 180
SALA 304 - PORTO ALEGRE
Dra Juliana Fonte
   
 

HIPERIDROSE

 
 
Frase Dermatologia
 
 
 

PeelingA hiperatividade das glândulas sudoríparas levam à perspiração excessiva. Esta condição é conhecida como hiperidrose. Não se tratando de doença grave, quanto a risco de vida, trata-se de situação extremamente desconfortável, que causa profundo embaraço social e transtornos de relacionamento e psicológicos no portador, que freqüentemente se isola socialmente e adquire hábitos procurando esconder o seu problema. Pode afetar todo o corpo ou ser confinada à região palmar, plantar, axilar, inframamaria, inguinal ou cranio-facial.


Bullet 2ENTENDA MAIS SOBRE HIPERIDROSE EM NOSSO VÍDEO


Bullet 2QUAIS SÃO AS CAUSAS?

Estímulos emocionais ou uma maior sensibilidade dos centros reguladores de temperatura. A sudorese está diretamente ligada ao controle da temperatura corporal. Além disso, algumas doenças metabólicas ou lesões neurológicas também podem dar origem ao quadro.

As pessoas que tem hiperidrose podem apresentar um aumento de sudorese em situações inexplicáveis e sem qualquer causa aparente. Este aumento pode aparecer na axila, nas mãos, nos pés, no rosto ou em qualquer outra parte do corpo. A hipersecreção das glândulas écrinas é que causam as alterações observadas. 

As glândulas écrinas estão mais concentradas na axila, palmas e plantas e tem importante papel na termo-regulação. O excesso de secreção desta glândula é que causa a hiperidrose. Existem de 2 a 5 milhões de glândulas écrinas distribuídas por todo o corpo.

Bullet 2QUAIS OS TIPOS DE HIPERIDROSE EXISTENTES?

Existem 2 tipos de hiperidrose: a primária e a secundária. A hiperidrose primária não tem causa conhecida, se devendo mais a fatores genéticos. As pessoas nascem com a tendência a hiperidrose, que pode se manifestar logo nos primeiros anos de vida, ou em qualquer fase posterior e é o que mais comumente encontramos. Hiperidrose secundária, é aquela associada a uma causa, o mais freqüente é poder estar associada à obesidade, menopausa, uso de drogas antidepressivas, alterações endócrinas e alterações neurológicas com disfunção do sistema nervoso.

Bullet 2QUAIS OS SINTOMAS?

A hiperidrose atinge homens e mulheres e se manifesta em várias idades. As áreas mais atingidas são as axilas, palmas das mãos, plantas dos pés, região inguinal e perineal, com grande eliminação de suor, que geralmente não tem cheiro desagradável.

As pessoas que apresentam hiperidrose geram suor nas mesmas condições e sob os mesmos estímulos que os outros pacientes, só que em quantidade maior. Por outro lado, podem gerar suor, mesmo em condições onde outras pessoas não o apresentariam, como com pequenas emoções e mesmo com temperatura normal. Isso acaba gerando um processo de ansiedade que realimenta a hiperidrose.

Antigamente se associava a hiperidrose a problemas psicológicos, mas, a hiperidrose tem causa genética, já se nasce com a tendência. O que evidencia esta causa genética, é que nas famílias de pacientes que tem hiperidrose, é comum, embora não obrigatório, que existam outros parentes diretos, irmãos, pais, tios ou avós com o mesmo problema. 

Bullet 2TRATAMENTOS

Existem vários tipos, como o uso tópico de produtos a base de cloreto de alumínio, a cirurgia e o tratamento com a toxina botulínica. A toxina botulínica tipo A (BOTOX®) é o moderno tratamento da hiperidrose. Atua impedindo a liberação temporária da acetilcolina e como conseqüência à produção do suor. Este procedimento é realizado sem internação, no ambiente do consultório médico e o paciente pode retornar as suas atividades normais no mesmo dia. A vantagem e a segurança da toxina botulínica (BOTOX®) é o fato de apresentar mínimos riscos ao paciente e ser um procedimento não cirúrgico. A aplicação no consultório dura aproximadamente 60 minutos (30 minutos de anestésico e 30 minutos de procedimento).

Bullet 2CONTRA INDICAÇÃO

Pacientes com alergia ao componente, pacientes com doenças neurológicas como miastenia.

Bullet 2DICAS

Procure o seu dermatologista para saber se o seu suor excessivo é somente um problema da glândula , pois às vezes há indicação de que possa existir outro problema de saúde.

 
 

Warning: include(/home/www/julianafonte.com.brtratamentos-links.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /srv/disk7/1336298/www/julianafonte.com.br/hiperidrose/especialidade.php on line 80

Warning: include() [function.include]: Failed opening '/home/www/julianafonte.com.brtratamentos-links.php' for inclusion (include_path='.:/usr/local/php-5.3.29/share/pear') in /srv/disk7/1336298/www/julianafonte.com.br/hiperidrose/especialidade.php on line 80
 

Linha

Agende sua consulta particular e convênios:
(51) 3414.2770 / 3307.2770

Sempre consulte um médico dermatologista para o correto diagnóstico e tratamento das doenças e alterações da pele, unhas e cabelos, assim como para tratamentos para a beleza da pele. A prevenção é o melhor remédio, não se lembre do médico só em caso de doença, consulte e faça prevenção.
 
     
TRATAMENTOS PARA
SUOR EXCESSIVO
ATENDIMENTO POR
CONVÊNIOS E PARTICULAR
MARQUE SUA CONSULTA
(51) 3414.2770
RUA MARIANTE, 180
SALA 304 - PORTO ALEGRE
Barra Down