Blog

CARNAVAL: FANTASIAS INFANTIS EXIGEM CUIDADOS

carnaval

Matéria veiculada no jornal Zero Hora (Caderno Vida), dia 12/02/17, por Marcelo Monteiro.

Vai levar a criançada para curtir o Carnaval? Então, fique atento para não estragar a brincadeira. Entre os principais aspectos a serem observados pelos pais antes e durante a folia estão maquiagem, fantasia, alimentação e segurança. Sobre a maquiagem, a regra básica é nunca utilizar os mesmos cosméticos aplicados nos adultos.

Segundo especialistas, o ideal é optar por produtos desenvolvidos especialmente para o público infantil e aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

— Sempre recomendo maquiagem infantil. A partir dos 10 ou 12 anos, até dá para se ter uma liberdade um pouco maior, desde que a criança não tenha histórico de alergias. Mas, até os 10 anos, só deve-se usar maquiagem infantil, com menos conservantes e corantes, o que faz com que os produtos sejam menos alergênicos — diz a dermatologista Juliana Fonte.

Segundo a dermatologista Dra Ana Paula Manzoni, a utilização de cosméticos de adultos em crianças pode resultar em problemas de pele como a dermatite de contato, irritação que resulta em avermelhamento, inchaço, coceira, bolhas e dor na região atingida.

— Não se usa maquiagem de adulto em crianças. A textura da pele delas é diferente. Nestes casos, a chance de ocorrer alergia é maior. Existem opções próprias para maquiar crianças que são encontradas em lojas de artigos infantis e de festa — orienta.

Ana Paula destaca ainda que os pais precisam estar atentos ao uso de produtos como glitter, purpurina e pinturas no corpo dos pequenos foliões:

— Nas lojas de fantasias e roupas de festas, existem tintas e maquiagens especiais. Não se pode pegar uma tinta guache, fabricada para ser utilizada no papel, e colocar na face ou em qualquer outra parte da pele.

Sobre a maquiagem, aliás, uma boa notícia: a preocupação crescente dos brasileiros em relação à saúde das crianças vem contribuindo para que o país ocupe a segunda posição no ranking mundial de consumo de cosméticos infantis. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), o país registrou um crescimento médio de 14% em um período de cinco anos, atingindo um faturamento de R$ 4,5 bilhões em 2014.

Adereços podem não ser tão inofensivos

Por ocorrer em uma época de temperatura geralmente elevada, o Carnaval pede roupas leves e confortáveis, tanto para adultos quanto para crianças. Para os pequenos, porém, ainda há de se levar em conta a questão da segurança. Crianças muito pequenas não conseguem discernir se a fantasia oferece algum tipo de risco, como peças que podem se soltar e serem aspiradas ou engolidas, acessórios capazes de causar cortes ou até mesmo máscaras que impeçam a respiração. Por isso, a atenção dos pais tem de ser redobrada.

— Os produtos utilizados por crianças devem ser cuidadosamente selecionados, com base nas indicações de uso, nas precauções e na idade recomendada, informações que devem estar nos rótulos, e precisam ser testados e aprovados pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) — afirma Ana Carolina Botelho de Barros, do Departamento Científico de Pediatria Ambulatorial da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP).

Segundo a pediatra, crianças pequenas não devem usar determinados produtos, como sprays de espuma. Mesmo entre aquelas um pouco maiores, a utilização de itens como esse deve ser supervisionada por um adulto:

— Há risco de intoxicação em caso de ingestão. Então, a dica é ficar sempre atento e acompanhar as crianças durante a brincadeira.

### FIQUE DE OLHO ###
COM A ROUPA CERTA

Em geral, as fantasias carnavalescas devem ser feitas de tecidos leves, confortáveis e sem acessórios perigosos.

O material mais recomendado é o algodão. Garanta que o material utilizado não é inflamável.

Observe também se a roupa escolhida não é muito quente. O calor excessivo pode provocar brotoejas, geralmente causadas pelo excesso de suor.

Tome cuidado com confetes, lantejoulas e outras peças pequenas que possam se soltar e ser aspiradas ou engolidas acidentalmente pela criança, provocando engasgo ou asfixia.

MAQUIAGEM SEM RISCO

As tintas e os produtos de maquiagem utilizados devem ser fabricados especialmente para o público infantil.

Tintas e maquiagens não apropriadas e usadas para pintar rosto, braços e pernas das crianças podem causar dermatite irritativa, uma alergia que deixa a pele seca, vermelha e áspera, geralmente com dor e coceira.

ACESSÓRIOS SEGUROS

Perucas também não podem ser produzidas com materiais inflamáveis. Verifique os detalhes na etiqueta do produto antes de comprar.

Mesmo sendo de plástico, acessórios como espadas podem causar cortes. Da mesma forma, capas muito compridas podem provocar quedas.

Os calçados devem ser confortáveis. Tênis são boas opções para ambos os sexos. Para as pequenas foliãs, uma boa alternativa são as sapatilhas. Os garotos podem usar sandálias ou chinelos.

Tome cuidado com as máscaras. Naquelas que cobrem completamente a cabeça da criança, é essencial checar se o produto permite a entrada adequada de ar pelo nariz e pela boca, propiciando uma respiração normal, sem dificuldades.

Leia sempre rótulos de produtos e acessórios. Neles, devem constar indicações de segurança específicas, incluindo a faixa etária adequada para uso dos itens.

PERIGO DISFARÇADO

Cuidado com os sprays de espuma. Podem causar alergia (verifique no rótulo se o item é hipoalergênico e se é aprovado pela Anvisa) e ainda ser aspirados acidentalmente.

Para evitar acidentes com cacos de vidro, por exemplo, nunca deixe a criança descalça na folia.

Mantenha a criança sempre alimentada e, principalmente, hidratada. Além de água gelada ou fresca, são recomendados sucos de frutas naturais (laranja, melancia, caju, limão e tangerina) e água de coco.

Coloque, em algum lugar visível na fantasia da criança, um cartão (ou pulseira ou colar costurado na fantasia) com o nome dos responsáveis, incluindo endereço e telefones para contato.

Rua Mariante, 180 - Sala 304

Bairro Moinhos de Vento - Porto Alegre/RS

Convênios e Particular

Atendimento de Segunda à Sábado

Marque sua consulta:

(51) 3414.2770 - 3307.2770 - 98692.6697